O que é dilatação térmica?

Dilatação térmica é o fenômeno físico caracterizado pelo aumento das dimensões de um corpo devido ao aumento de sua temperatura. Quer aprender tudo sobre dilatação? Vamos lá!

tirinha dilatação térmica

Definição de dilatação térmica

Quando aquecemos um corpo, aumentando sua energia térmica, aumentamos o estado de agitação das moléculas que o compõem. Estas moléculas precisam de mais espaço e acabam se afastando uma das outras aumentando o volume do corpo. Este fenômeno é conhecido como dilatação térmica. A dilatação térmica ocorre não só quando aquecemos um corpo, mas também quando o resfriamos.

A dilatação térmica pode, então, ocorrer quando temos um aumento no volume de um corpo que sofre variação na sua temperatura ou, quando temos uma diminuição no volume de um corpo também ocorrida por ter sido submetido a uma variação de temperatura.

Bem, no parágrafo acima eu falei apenas em variação de temperatura porque nem sempre o volume de um corpo aumenta quando sua temperatura aumenta. A água, por exemplo, à pressão atmosférica, diminui seu volume quando passa de 0 °C para 4 °C. Mas este é um caso raro, pois normalmente o que acontece é:

Aumentando a temperatura de um corpo, este corpo sofre dilatação térmica e seu volume aumenta. Dizemos que ocorreu uma expansão térmica.

Diminuindo a temperatura de um corpo seu volume também diminui. Dizemos que ocorreu uma contração térmica.

A dilatação térmica não ocorre somente nos corpos sólidos, nos líquidos e gasosos também. Nos corpos sólidos a dilatação ocorre em todas as direções, mas, esta dilatação pode ser predominante em apenas uma direção ou em duas. Sendo assim a dilatação térmica dos sólidos pode ser divida em: linear, superficial e volumétrica.

Dilatação térmica linear

Quando a dilatação é predominante em uma direção, como podemos ver na imagem abaixo:

Para calcularmos a variação de comprimento do corpo que sofreu a dilatação linear utilizamos a seguinte equação:

∆L = L0 . α . ∆T

Onde:

∆L: variação de comprimento do corpo que sofreu a dilatação linear.
L0 : comprimento inicial do corpo.
α: coeficiente de dilatação térmica do material que constitui o corpo.
∆T: variação de temperatura sofrida pelo corpo.

exemplo de dilatação térmica

Dilatação térmica superficial

Quando a dilatação é predominante em duas direções, aumentando ou diminuindo a área da superfície do corpo. Observe a imagem abaixo:

dilatação térmica superficial

Para calcularmos a variação da área do corpo que sofreu a dilatação superficial utilizamos a seguinte equação:

∆S = S0 . β . ∆T

Onde:

∆S: variação da área da superfície do corpo que sofreu a dilatação superficial.
S0 : área inicial da superfície do corpo.
β: coeficiente de dilatação superficial do material que constitui o corpo.
∆T: variação de temperatura sofrida pelo corpo.

É importante saber que o coeficiente de dilatação superficial de um material é igual ao dobro do coeficiente de dilatação linear do mesmo material, ou seja, β = 2α.

Dilatação térmica volumétrica

Quando a dilatação ocorre nas três direções, ou seja, a dilatação acontece no volume do corpo.

∆V = V0 . γ . ∆T

Onde:

∆V: variação do volume do corpo que sofreu a dilatação.
V0 : volume inicial do corpo.
γ: coeficiente de dilatação volumétrica do material que constitui o corpo.
∆T: variação de temperatura sofrida pelo corpo.

É importante saber que o coeficiente de dilatação volumétrica de um material é igual ao triplo do coeficiente de dilatação linear do mesmo material, ou seja, γ = 2α.

Será que você está estudando da maneira certa?

Nem todo mundo sabe estudar, é claro que saber estudar é algo um pouco subjetivo. Não vou entrar no mérito da pedagogia para não levantar grandes discussões. O certo é que cada um de nós aprende de uma maneira diferente e cada um tem suas preferências na hora de estudar. Só que tem alguns hábitos e comportamentos que podem ajudar a aprender mais, se organizar nos estudos, conseguir mais atenção, foco e isso vai aumentar o poder de concentração atenção, aumentando assim a possibilidade de aprender mais conteúdos.

Infelizmente alguns alunos acreditam que estudar é apenas assistir aula, ler um conteúdo e fazer exercícios. E o erro de muitos professores da educação básica é não ajudar esses alunos a encontrarem os melhores caminhos para aprenderem mais. Depois de anos na escola muitos alunos ainda não sabem estudar. As vezes chega na faculdade por um vestibular privado e continua com as mesmas dificuldades. E todos sabem que QUEM NÃO SABE ESTUDAR NÃO É APROVADO.

Para ajudar os alunos a aprenderem a estudar, se prepararem para suas provas da escola, para o vestibular e principalmente para a prova do ENEM, eu elaborei um método de estudos, um passo a passo de como estudar para uma prova. Usando as melhores técnicas de estudos, com a ajuda de conteúdos da neurociência, podemos ter mais foco, organização, motivação e memorização durante os estudos. Quer saber como funciona? Clique aqui nesse link e saiba mais sobre o método Efeito Joule.

27 respostas

  1. Cara,olha que eu já rodei por vários sites mas ainda não tinha encontrado nada parecido como encontrei aqui, tem praticamente tudo o que eu estou precisando para estudar para as minhas provas do Ensino médio. Parabens!!!!!!!!

  2. gostei , o autor poderia colocar mais exemplos dessas aplicacões, até mesmo em ações que concretizamos em nosso dia a dia, em que isto estes conteúdos de encaixam.

  3. mto obg !! tudo q eu precisava para o trabalho de física do professor Marcelo barros , me ajudou bastante para conquistar uma nota ideal na EEEP no Ceará !!!! por Thales Soares …

  4. Primeiramente eu quero agradecer pela fonte de pesquisa,gostei muito do site. Parabéns pelo conteúdo aqui postado, suas palavras e seus conhecimentos estão super valorizados nesta página. Muito obrigada pela pesquisa, suas palavras favorecerão meus conhecimentos. Obrigada!!

  5. Esse blog me ajuda muito quem derá se todos tivessem a mesma disposição em escrever e postar coisas uteis como tal.
    Parabéns…

  6. Otimo trabalho está sendo feito neste blog, gostaria de comtribuir comentando o raciocínio de murilo: Eu estava aqui pesquisando e percebi um erro no comentario de murilo;
    O cara do video deveria, ao ver que a bolinha não estava passando pelo buraco(por esquenta-la, ele deveria ter aquecido a rodela… para que vissemos como a dilatação atinge outros materiais e em diferentes formatos..
    Ao contrário do que se pensa, a argola não só irá se dilatar em sua face esterior; mas também na parte interior, o que iria estreitar mais ainda a passagem para a esfera.

  7. tava com muitas duvidas a respeito deste assunto e vai ter uma prova hoje bom o blog é otimo e mim ajudou bastante… e eu concordo com o murilo pessoa pra gente saber o que aconteceria se a rodela fosse aquecida tbm! mais ta muito bom bem explicado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

logo-fundo-transparente

Efeito Joule ®  2021
CNPJ: 22.288.851/0001-14

Vai fazer o ENEM 2021?

Então organize seus estudos, aprenda a estudar e se preparar de verdade para o ENEM.