Pensando nos próximos textos para o blog me veio a ideia de colocar aqui uma cronologia da Física. Isso vai nos ajudar a visualizar um pouco da história desta ciência e organizar os próximos textos, já que com o tempo vou escrevendo sobre os cientistas e suas teorias e adicionando aqui os links pra estes artigos. A cronologia ainda é bem curta, mas com o tempo vou aperfeiçoando e, é claro, acrescentando mais sobre física moderna.


Cronologia da Física


? – Árabes, egípcios e outros desenvolvem o atual sistema de numeração, a geometria primitiva e a matemática básica.


525 a.C. – Pitágoras obtém uma síntese do misticismo e da matemática, desviando-se dos mitos para os números na busca da fonte da verdade.


335 a.C. – Aristóteles formula modelo de cosmo cujo centro é a Terra, imóvel.


295 a.C. – Euclides publica os Elementos, codificando a geometria clássica.


240 a.C. – Arquimedes desenvolve a mecânica clássica e a física elementar.


100 – Cláudio Ptolomeu elabora complexo modelo do universo centrado na Terra que é base da astronomia por mais de 1.400 anos.


1543 – Nicolau Copérnico publica De revolutionibus, postulando um universo centrado no Sol.


1572 – Tycho Brahe observa uma nova (ou estrela nova), prova de que o universo centrado no Sol.


1600 – O inglês William Gilbert publica De magnete, sobre eletricidade e magnetismo.


1610 – Galileu Galilei observa pela primeira vez o céu noturno através de um telescópio e anuncia descobertas que confirmam a concepção copernicana do universo.


1619 – Johannes Kepler demonstra que as órbitas dos planetas são elípticas e desenvolve leis do movimento planetário.


1687 – Isaac Newton publica os Principia e demonstra que a força gravitacional, que obedece a uma lei do inverso do quadrado da distância, explica tanto a queda dos corpos na Terra quanto o movimento da Lua em sua órbita. Leia sobre as Leis de Newton.


1690 – Huygens formula a teoria ondulatória da luz.


1738 – O suíço Daniel Bernoulli publica estudos sobre a pressão e a velocidade dos fluidos.


1799 – Pierre-Simon Laplace lança as bases matemáticas da hipótese da gravitação de Newton: desenvolve a teoria da probabilidade e ajudar a funda o sistema métrico.


1824 – Christian Doppler descobre que, para um observador estacionário, emissões (luz ou som) de uma fonte em movimento parecerão ter freqüência mais alta se o objeto estiver se aproximando, mas mais baixas se ele estiver se afastando – o “Desvio Doppler”.


1827 – O alemão Georg Simon Ohm formula a lei que relaciona o potencial, a resistência elétrica e a corrente elétrica (Lei de Ohm).


1831 – Michael Faraday descobre a indução eletromagnética.


1843: O físico britânico James Prescott Joule (1818-1889) mede, pela primeira vez, o equivalente mecânico do calor.


1848 – William Kelvin determina o zero absoluto.


1849 – Jean-Leon Foucault desenvolve métodos para medir a velocidade da luz no ar e descobre que, na água e em outros meios, essa velocidade diminui proporcionalmente ao índice de refração.


1860 – Robert Bunsen e Gustav Kichhoff desenvolvem a base da análise espectral.


1864 – James Clerk Maxwell publica o Tratado sobre eletricidade e magnetismo, que torna possível uma compreensão muito maior dos fenômenos nesse campo.


1879 – Albert Michelson usa os princípios de Foucalt para determinar a velocidade da luz.


1894 – Heinrich Hertz demonstram que as ondas eletromagnéticas se deslocam com a velocidade da luz e podem ser refletidas, refratadas e polarizadas como a luz.


1895 – William K. Roentgen descobre os raios X, o que lhe valeu o primeiro Prêmio Nobel de Física.


1898 – Marie e Pierre Curie identificam os elementos radioativos rádio e polônio.


1900 – Max Planck postula a teoria quântica da radiação; desenvolve a base da física quântica.


1904 – Ernest Rutherford propõe que a quantidade de hélio produzida pelo decaimento radioativo de minerais em rochas poderia ser usada na determinação da idade da Terra.


1905 – Albert Einstein publica artigos sobre a relatividade restrita e o efeito fotoelétrico.

10 respostas

  1. Interessante o nivel da evolução humana durante a idade média.

    É impressionante como a nossa espécie parou no tempo por mais de 8 séculos.

    Para os teístas eu diria que deus tirou férias durante esse período.

  2. Kd os Gregos: Anaximandro, Anaximeneses (são discipulos de Tales de Mileto) contemporâneos do mesmo século de Pitagoras, porém, mais antigos.
    abs. Mauricio

  3. Olá amigo, vc esqueceu de citar Tales de Mileto antes de Pitágors que foi o precursor da Física.
    abs.
    Mauricio

  4. Olá amigos, deixo aqui a minha dica:
    A Rede de Popularização da Ciência e da Tecnologia da América Latina e do Caribe (Red-POP) recebe até 15 de novembro, propostas de trabalho para a 12ª Reunião Bienal que acontece no Brasil, organizada pelo Museu Exploratório de Ciências (MC), da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), de 29 de maio a 2 de junho de 2011.
    Com o tema “A profissionalização do trabalho de divulgação científica”, o encontro aceitará tanto trabalhos de pesquisa, de caráter acadêmico, quanto de profissionais da área, interessados em relatar suas experiências. Cinco eixos temáticos vão nortear a 12ª Reunião: Educação não-formal em ciências; Jornalismo científico; Programas e materiais para museus de ciências: materiais e práticas concretas; Museografia e museologia científica; Público, impacto e avaliação dos programas.

  5. Oi, adorei o site , nunca gostei mto de fisica quando estava estudando na escola, porem por ironia do destino, hj em dia quero ser um fisico.

    me interesso mto pela mecanica quantica ( sim , por causa da teoria das cordas rs), mas não achei aqui.
    por favor, se pudesse fazer um capitulo sobre MQ eu ( e alguns amigos q se interessam tb ficariamos mto gratos)

    parabens pela iniciativa de criar algo realmente util na iternet, diferente da maioria das futilidades q encontramos navegando.

  6. Rodrigo, o Informação Virtual é um grande parceiro do Efeito Joule. Obrigado pelo reconhecimento e volte sempre.

    abraços

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.